Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 10 de Dezembro de 2018 - São 19:39Horas

Política

Seis advogados disputam vaga de juiz titular do TRE de MT

TRE/MT | 06/12/2018 18h 56min

Seis advogados se inscreveram para concorrer à lista tríplice que irá nomear o novo juiz membro titular do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) para o biênio 2019/2020.

 

A vaga foi aberta com o fim do biênio 2017/2018 do advogado Ulisses Rabaneda dos Santos que, inclusive, se candidatou novamente à vaga.

 

Além dele, também se inscreveram os seguintes advogados: Sebastião Monteiro da Costa Junior, Darlã Martins Vargas, André Stumpf Jacob Gonçalves, Diogo Egidio Sachs e Rodrigo Lanzer.

De acordo com a assessoria do TRE, a escolha da lista tríplice é feita pelos desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

 

De lá, a lista segue para validação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e é encaminhada para o presidente da República, a quem cabe fazer a nomeação.  

 

Os inscritos são conhecidos no meio jurídico mato-grossense por advogar, principalmente, para figurões políticos.

 

Sebastião Monteiro, por exemplo, era um dos advogados do ministro da Agricultura e senador licenciado Blairo Maggi (PP).

 

Ulisses Rabaneda, por sua vez, já defendeu o ex-governador Silval Barbosa. André Stumpf foi advogado do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e Diogo Egídio Sachs atuou na defesa da ex-juíza e senadora eleita Selma Arruda (PSL).

Membros do TRE-MT

O TRE-MT é presidido pelo desembargador Márcio Vidal. A Vice-Presidência e a Corregedoria-Geral são de responsabilidade do desembargador Pedro Sakamoto.


Também são membros titulares os juízes Antônio Veloso Peleja Júnior, Luís Aparecido Bortolussi Júnior, Vanessa Curti Perenha Gasques e Ricardo Gomes de Almeida.


Na substituição, figuram o desembargador Sebastião Barbosa Farias e os juízes Mário Roberto Kono de Oliveira, Yale Sabo Mendes, Paulo Cézar Alves Sodré e Jackson Francisco Coleta Coutinho


Na Procuradoria Regional Eleitoral consta o procurador Pedro Melo Pouchain Ribeiro.

Fonte:   Midia News