Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 15 de Novembro de 2018 - São 16:06Horas

Política

Fenômeno Bolsonaro leva para Câmara pecuarista que em 2008 foi vetado a vereador de Alto Taquari

EFEITO ELEIÇÕES | 21/10/2018 11h 33min

Uma década depois de tentar vaga de vereador e ser barrado pela Justiça Eleitoral, com indeferimento do registro, Nelson Barbudo, que soube explorar apoio dos seguidores nas redes sociais e tirar proveito do efeito-Bolsonaro, se elegeu deputado federal com a maior votação. Seus 126.249 votos são prova da força e do alcance das redes sociais. Os votos "brotaram" de todos os 141 municípios do Estado, mesmo ele não visitando 90% deles durante a campanha eleitoral.

Suas mensagens sintonizadas e compartilhadas com as ideias do provável futuro presidente da República, Jair Bolsonaro, tiveram efeitos devastadores, principalmente quando batia nos caciques políticos, na quadrilha orquestrada por figurões, especialmente do PT.

E foi pedindo renovação na política, fim da corrupção e adoção de medidas duras para frear os índices de violência que o pecuarista Nelson Ned Previdente, que tem ensino médio e é dono de 242 hectares na pequena Alto Taquari, no Sul do Estado, viu sua popularidade crescer. Ganhou respaldo dos produtores rurais. Alguns até patrocinaram passagens aéreas para terem Barbudo presente em eventos, seja palestra, seja churrasco. A notoriedade nacional foi crescendo à medida que postava vídeos ao lado de Bolsonaro.

Barbudo não conseguiu se eleger vereador em Alto Taquari. Em 2008, ele se lançou pelo antigo PFL, mas teve registro indeferido. Agora, 10 anos depois, ganha a oportunidade de, como deputado federal, ajudar a colocar em prática a "revolução" que tanta apregoa.

Nos municípios

Em seu município, Alto Taquari, Barbudo obteve  a maior votação proporcional. Os 2.090 votos ali conquistados representaram 50,7% dos válidos. A segunda maior foi em Itanhangá, com 42,8% (1.227 votos). Os sete municípios que mais "despejaram" votos em Barbudo foram, pela ordem, Cuiabá (10.498), Sorriso (6.705), Rondonópolis (6.160), Lucas do Rio Verde (5.412), Primavera do Leste (5.017), Várzea Grande (4.123) e Nova Mutum (3.793). A menor votação veio de Novo Santo Antonio, onde o filiado do PSL conquistou 12 votos.

Fonte:   Rd News