Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 21 de Setembro de 2018 - São 18:39Horas

Política

Bancada desprestigia Marcha da AMM e apenas Medeiros comparece no evento

MUNICIPALISMO | 09/03/2018 07h 56min

No último dia da 2ª Marcha a Cuiabá, os prefeitos mato-grossenses discutiram com a bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional sobre as 15 reivindicações municipalistas. No entanto, apenas o coordenador da bancada, o senador José Medeiros (Podemos), compareceu ao encontro desta quinta (8), na sede da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM).
As propostas são acerca do pacto federativo, piso salarial dos professores, lixões, encontro de contas e a Lei Kandir, responsável por fazer a compensação aos Estados exportadores de commodities. Todo ano, Mato Grosso tem que receber aproximadamente R$ 500 milhões como compensação, mas encontra dificuldades para a  União liberar o pagamento. Parte do recurso é destinada aos municípios.
O presidente da AMM,  Neurilan Fraga (PSD),  lembra que os prefeitos precisam correr contra o tempo acerca das demandas com a bancada, haja vista que em ano eleitoral, os trabalhos no Congresso Nacional devem ficar prejudicados após julho, quando iniciam as convenções e os parlamentares retornam às suas bases eleitorais. “Todas as nossas reivindicações facilitam e melhoram as condições de repasse aos municípios”, explica em coletiva.
Acerca da pouca adesão dos parlamentares, Neurilan disse que convidou todos os parlamentares com intuito de realizarem um balanço das ações em prol dos municípios. “Também para verificar recursos, se tem emenda que ainda pode ser concretizada. É um momento de interação e cobrança da pauta municipalista”, sustenta  esperança em que os parlamentares ainda comparecessem.

Medeiros, por sua vez, afirma que vai manter a relação próxima com os municípios enquanto estiver à frente da coordenação da bancada de Mato Grosso em Brasília. “Os prefeitos já tem visitado gabinetes, mas vamos ter ciência agora no pedido geral. A bancada não tem se furtado e é satisfação fazer essa reunião e receber as demandas dos municípios”, declarou. 
Além de Neurilan e Medeiros, o encontro contou com a presença do suplente de deputado federal José Augusto Curvo, o Tampinha (PSD). Na programação do evento estava agendada uma palestra da bancada sobre “O Congresso Nacional e os Municípios de Mato Grosso”, das 9h às 11h.
Ontem (7), na abertura do evento, poucas autoridades também compareceram ao local. Apenas o procurador-geral do Ministério Público do Estado (MPE), Mauro Curvo, se fez presente. O governador Pedro Taques (PSDB) não compareceu e  não mandou representante e AMM também não fez questão de convidá-lo.

Fonte: