Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 15 de Novembro de 2018 - São 15:29Horas

Geral

STF DÁ AVAL À DELAÇÃO QUE MIRA TAQUES E LEITÃO

PRISÕES A VISTA | 24/10/2018 11h 11min

O ministro do STF Marco Aurelio, liberou a delação premiada de Alan Malouf, réu confesso em esquema de corrupção da campanha e do governo Pedro Taques, e além de levar o atual governador para o banco dos réus, colocará no olho do furacão o atual deputado federal Nilson Leitão, que perdeu sua primeira eleição de uma longa carreira, porém com este fato, aliado ao desgaste politico eleitoral,  já se vislumbra grande momento de ostracismo político para o tucano.

O esquema de caixa dois de dinheiro público que veio a tona já no início do governo Pedro Taques teve inclusive prisões envolvendo o ex secretário de educação da época, Permínio Pinto, amigo pessoal e aliado político de Leitão, e envolvia grande parte dos lideres do PSDB de Mato Grosso.

A delação foi homologada no dia 19 de abril, mas estava em sigilo, segredo de justiça, e agora está disponível para qualquer cidadão ter acesso, e os detalhes do esquema são tenebrosos. Juristas apostam em uma breve operação e cadeia para os figurões tão logo acabe o ano de 2018, cessando o foro privilegiado de ambos envolvidos.

Nas delações Nilson Leitão aparece como um dos líderes do esquema de corrupção.

Alan Malouf já teve sua condenação de 11 anos em relação ao caso, mas responde em liberdade, já os demais integrantes do suposto esquema estavam sendo investigados pelo STF em função do foro privilegiado. Na sua delação, Malouf entregou todos os integrantes e disse que o dinheiro do esquema era usado para sanar dividas de campanha dos tucanos.

Fonte:   Da redação