Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 20 de Setembro de 2018 - São 21:42Horas

Geral

Indicação do bloco 'Independente' para comissões pode destravar AL

Política | 31/03/2018 21h 19min

Liderado pelo deputado Mauro Savi (DEM), o bloco “Independente” da Assembleia Legislativa apresentou a lista com os nomes de seus integrantes à Mesa Diretora com as respectivas indicações para compor as 13 comissões permanentes da Casa. Com a definição, trabalhos que estavam paralisados devem ser retomados, após a escolha dos presidentes de cada comissão.

Além de Savi, compõem o bloco Independente Silvano Amaral (MDB), Oscar Bezerra (PSB), Romoaldo Júnior (MDB), Guilherme Maluf (PSDB) e Zé Domingos Fraga (PSD).

Para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação, o indicado foi Oscar Bezerra, que já era membro. Romoaldo Júnior será suplente. Já na Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, Silvano será titular e Zé Domingos ficará na suplência. O pessedista passará a ser titular na Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto.

Guilherme Maluf continua membro titular da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social, com Mauro Savi sendo o seu suplente. Enquanto que Romoaldo Jú- nior representará o bloco na Comissão de Segurança Pública e Comunitária. Savi também vai compor a Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária.

Os Independentes também participam da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte; Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público; Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, Adolescente e Idoso; Comissão de Indústria, Comércio e Turismo; Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transportes, Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais e Comissão de Revisão Territorial, dos Municí- pios e das Cidades.

“Quando o projeto do governo for bom para o Estado, vamos apoiar, caso contrário, votaremos contra”, antecipou Silvano.

O bloco da oposição na Assembleia é composto pelos deputados Alan Kardec (sem partido), Valdir Barranco (PT), Zeca Viana (PDT) e Janaína Riva (MDB).

Já o bloco governista, chamado de “Integração”, conta com Baiano Filho, Wilson Santos, Saturnino Masson, todos do PSDB, Gilmar Fabris, Nininho, Wagner Ramos, Pedro Satélite, estes do PSD, Eduardo Botelho e Dilmar Dal Bosco, do DEM, Max Russi (sem partido), Leonardo Albuquerque (SD), Daltinho (Patriotas), Sebastião Rezende (PSC) e Wancley Carvalho (PV).

 

Fonte:   Gazeta Digital - Pablo Rodrigo