Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 15 de Novembro de 2018 - São 15:56Horas

Estado

Selma afirma que apoiará candidatos que passarem por ‘crivo de honestidade’

Política | 17/04/2018 22h 04min

Com os trabalhos de sua pré-candidatura ao Senado ainda no início, a juíza aposentada Selma Rosane Santos Arruda disse não se importar em posar com outros pré-candidatos de seu partido, o PSL, para cartazes e santinhos, contando que ele passe por um ‘crivo de honestidade. A magistrada, que visitou a redação do Olhar Direto nesta terça-feira (17), também declarou enxergar uma renovação no Poder Legislativo a partir de 2019.

Com um dos nomes mais representativos no PSL em Mato Grosso, pela enorme repercussão que seu trabalho à frente da 7ª Vara Criminal de Cuiabá teve nos últimos anos, com prisões de políticos poderosos envolvidos em corrupção, a juíza explicou não ter problema em tirar fotos com outros filiados, após um filtro.

“Com certeza, os candidatos que nós apoiarmos, que passem por este crivo de honestidade, cuja suas propostas forem condizentes com as minhas, não tem problema nenhum”, avaliou a pré-candidata.

A juíza, que também já havia declarado não subir em palanque com pessoas envolvidas em atos de corrupção, afirmou não ter o interesse de trabalhar com parlamentares envolvidos em denúncias e delações, mas reconheceu que terá que lidar com eles, caso seja eleita. 

“Tomara que eu não tenha que trabalhar com essas pessoas. Mas é diferente você estar no mesmo palanque e ter que trabalhar com essas pessoas. Porque no mesmo palanque, você está pedindo voto para aquelas pessoas. Você está endossando a conduta daquela pessoa perante a população. E isso eu acho que é uma forma de ludibriar o eleitor. Agora lá é óbvio que terá gente de todo tipo, de toda mentalidade, pessoas de esquerda, direita, de centro, pessoas honestas, corruptas. É como qualquer outro ambiente público”, declarou.

Por fim, a magistrada que traz como sua principal bandeira o combate à corrupção, disse entender que o eleitor já não tem mais o mesmo conceito de antigamente e que ele irá promover esta renovação nas urnas, não votando em pessoas envolvidas em atos ilícitos.

“Eu acredito piamente que no Brasil e principalmente em Mato Grosso terá uma limpeza nessa eleição. As pessoas já estão de saco cheio dessa história de rouba, mas faz. Acho que chegamos a um ponto, a Lava Jato e a própria Sodoma ajudou muito e as pessoas vão votar por uma renovação. Se cada estado conseguir colocar quatro, cinco novos, vamos conseguir dar os primeiros passos. Não me vejo sendo eleita em meio a corruptos e acredito em uma renovação para melhor", finalizou.  

Fonte:   Olhar direto - Carlos Gustavo Dorileo