Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 15 de Novembro de 2018 - São 16:51Horas

Estado

Sauna só para homens oferece relaxamento, discrição e segurança há 15 anos em Cuiabá

Diversão e Lazer | 22/04/2018 22h 58min

Um lugar para relaxar. É assim que o proprietário da Sauna 57 define o local que comanda há quinze anos em Cuiabá. Em 2003, decidiu transformar uma casa de família, que estava vazia, em uma sauna masculina, algo que já tinha visto em muitas outras cidades, e desde então conta com clientela fiel todos os dias, já que funciona de domingo a domingo, inclusive feriados.

Ele prefere não se identificar, mas abriu as portas do empreendimento para a equipe do Olhar Conceito, e explicou como tudo funciona. “Nós oferecemos um ambiente tranquilo, para que as pessoas possam vir e se desligar um pouco daquele burburinho do dia a dia. É muito estressante, e aqui a gente oferece tudo para que a pessoa possa ficar mais tranquila. Até nossas músicas são mais tranquilas”, garante.

Quando o cliente chega à Sauna 57, recebe um par de chinelos, duas toalhas e uma chave do armário. Então, passa para a sala ao lado, onde precisa tirar toda a roupa. A toalha bege deve ficar enrolada a seu corpo, enquanto a toalha branca deve ser guardada para o banho. “É uma sauna, não é um bar. Eu já tive clientes que queriam só beber no bar, e a gente não permite. É uma sauna mesmo, as pessoas têm que ficar nuas, enroladas na toalha. Alguns clientes têm algumas restrições, preferem ficar de cueca. Aí tudo bem”, explica.

Depois de despidos, os clientes podem escolher um dos diversos ambientes da sauna para ir. A sauna a vapor é a primeira. Dentro dela, a temperatura atinge os 50 graus Celsius, e o ar é super úmido. “O corpo começa a transpirar muito, abre os poros. Através dessa abertura de poros, todas aquelas toxinas que tem dentro do organismo saem, desaparecem. A sauna é uma coisa extremamente saudável, e já existe há milhares de anos”, garante.

A outra opção é a sauna seca, que pode atingir 70 graus Celsius. “Aqui a pessoa transpira mesmo. Lá, [na sauna a vapor] o fato do vapor envolver teu corpo já te molha normalmente. Aqui não, aqui transpira mesmo. Só que tem que ficar mais tempo. Tem clientes que ficam aqui meia hora e saem daqui novos. Para as pessoas que bebem demais, a melhor coisa que tem para curar uma ressaca é meia hora de sauna seca”.

O empreendimento conta, ainda, com uma área para ducha, uma sala de descanso, um fumódromo, um bar, uma sala de vídeos e um ambiente com cabines privativas. Por mais que o responsável garanta que o principal objetivo seja o relaxamento, o clima de paquera é latente. Na sala de vídeos, por exemplo, são transmitidos filmes eróticos, e as cabines privativas são para os clientes que querem mais intimidade.

“Se rolar alguma coisa entre um cliente e outro, pode acontecer, mas como nós somos uma casa exclusivamente masculina, nós temos clientes gays e outros que não. Os que não são se comportam de boa também. Ficam na deles. Aqui ninguém é obrigado a fazer nada que não quiser”, garante. “Nos ambientes que são coletivos, como sala de vídeo, saunas e duchas, não pode rolar nada. Aqui são ambientes pequenos, mas são privados. Então as pessoas entram aqui dentro, trancam a porta, e fazem o que elas quiserem. Mas tudo muito discreto, nada é obrigatório”.

A sauna funciona todos os dias da semana, inclusive feriados, das 14h às 20h, há quinze anos. No entanto, o proprietário afirma que ainda existe preconceito. “Antigamente, muitos anos atrás, as saunas aqui em Cuiabá eram casas de prostituição. Para ser mais exatos, onde tinham muitas mulheres, e só tinham o nome de sauna, mas de sauna mesmo eles não ofereciam serviço nenhum. Isso é uma coisa que ainda acontece. Recebo muitas ligações de mulheres, mas elas não querem fazer sauna, elas ligam perguntando se aqui é uma casa de prostituição”.

A prostituição, inclusive, é algo proibido na Sauna 57. “A gente não permite a entrada de garotos de programa. É uma coisa que a gente barra. Eu não conheço todas as pessoas, mas depois de quinze anos você sabe quem é quem. Quando acontece de chegar alguém que faça programas, a própria clientela me avisa e a gente dá um jeito de tirar”, garante.

Segundo o dono, é feita uma seleção de quem pode e quem não pode entrar na casa. Os critérios, no entanto, ele prefere não revelar. “Quando você olha, você percebe que aquela pessoa está com outras intenções. Eu sinto isso, e pela segurança dos clientes, para preservar a segurança da casa e a identidade deles. Quando a gente sai daqui, a gente esquece tudo que a gente ouviu, viu e falou”.

Entre os principais clientes da casa, estão pessoas de fora da cidade, empresários, profissionais liberais do interior e de outros estados, que estão de passagem pela cidade. Para aqueles que ainda têm medo de visitar, ele avisa: “Tem muitas pessoas que tem preconceito, que não frequentam a casa por medo de encontrar aqui alguém que eles conheçam. Mas é uma tremenda bobagem. Porque se ele encontrar alguém aqui que ele conheça, os dois vão estar no mesmo barco”.

Serviço

Sauna 57
Endereço: Rua Jesse Pinto Freire, 57 – Centro, Cuiabá
FAN PAGE / SITE
Preços: R$20 (dinheiro) / R$25 (débito) / R$30 (crédito); Os valores são por pessoa, e o cliente pode ficar o tempo que quiser
Funcionamento: Diariamente, das 14h às 20h

Fonte:   Olhar direto - Isabela Mercuri