Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 08 de Julho de 2020 - São 01:36Horas

Estado

Marinha instaura inquérito para investigar morte de médico no Manso

Cidades | 09/04/2018 22h 59min

A Marinha do Brasil, por meio da Delegacia Fluvial de Cuiabá (DelCuiabá), instaurou inquérito para apurar as circunstâncias e responsabilidade pelo acidente que matou o médico gastroenterologista Luiz Carlos Alvarenga, no Lago do Manso, em Chapada dos Guimarães. O médico caiu de uma moto aquática e foi atropelado por uma lancha no último sábado (7).

De acordo com informações da Marinha do Brasil, por volta de 1h20 deste domingo (8) o corpo do médico foi encontrado. Após a colisão com uma lancha, ele havia desaparecido. O passageiro que estava com Luiz Carlos também caiu, mas foi resgatado com vida.

Ao tomar conhecimento do fato, a Delegacia Fluvial de Cuiabá enviou uma equipe de Inspeção Naval, para prestar apoio e iniciar as buscas à vítima, que então ainda estava desaparecida.

O caso

De acordo com investigadores que estiveram no local, o gastroenterologista pilotava a moto aquática com um amigo na garupa entre duas lanchas. Eles retornavam da ilha Bora Bora sentido a Marina do Jair, quando caíram.
 
Uma das lanchas, conduzida por um amigo de 40 anos que vinha atrás atingiu o médico, que desapareceu por volta das 20h. Os seus próprios amigos iniciaram as buscas e conseguiram encontrar a vítima somente no início da madrugada.
 
O caso segue em investigação pela Delegacia de Polícia de Chapada dos Guimarães que aguarda laudos periciais requisitados junto à Politec.

Fonte:   Olhar direto - Vinicius Mendes e Wesley Santiago