Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 16 de Agosto de 2018 - São 19:17Horas

Estado

Greve dos caminhoneiros entram no 8º dia e bloqueia 30 trechos em MT; Temer tenta novo acordo

Logística | 28/05/2018 09h 00min

A greve dos caminhoneiros entrou no seu oitavo dia, nesta segunda-feira (28) e parece que irá continuar, mesmo após o presidente Michel Temer (MDB) anunciar – na noite do último domingo (27) – ter atendido algumas reivindicações da categoria. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado não houve alteração e 30 pontos continuam bloqueados para o tráfego de caminhões.
 
Desde a semana passada que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não divulga mais os trechos em que há a interdição dos caminhoneiros. O órgão explica que nestes locais não há interdições totais, sendo impedidos de seguir viagem apenas os caminhões.
 
Transporte público afetados, postos de gasolina sem combustível, prateleiras vazias nos supermercados e suspensão das atividades em escolas e universidades são alguns dos efeitos ainda verificados nas principais regiões metropolitanas. Porém, o movimento tem ganhado apoio da população e também de outras categorias.
 
No domingo, Temer anunciou novas medidas em mais uma tentativa de por fim à paralisação dos caminhoneiros. Entre elas está a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias, e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. Durante o pronunciamento, foram registrados panelaços em vários Estados.
 
Esta redução de R$ 0,46 no preço do diesel custará ao governo R$ 10 bilhões. Conforme o Palácio do Planalto, os recursos serão cobertos pelo Tesouro via crédito extraordinário. O movimento do governo, porém, não surtiu efeito, e os caminhoneiros mantiveram a paralisação.
 
Nesta segunda-feira, diversos órgãos em Mato Grosso decretaram ponto facultativo e não irão funcionar. Um deles é a prefeitura de Cuiabá, onde serão mantidos apenas serviços essenciais como: coleta de lixo, manutenção de distribuição de água, defesa civil, fiscalização e orientação do trânsito serão mantidos. Na saúde, as unidades de urgência e emergência de pronto atendimento (UPA) das regiões Norte, no bairro Morada do Ouro e Sul, no Pascoal Ramos, policlínicas e Pronto Socorro também funcionarão regularmente.
 
Será ponto facultativo também nas unidades escolares da rede municipal de educação. Na secretaria de Educação todas as diretorias e o corpo técnico da SME estarão funcionando normalmente. O secretário de Educação convocou diretores e coordenadores para acompanhar a situação durante o transcorrer do dia.
 
A mobilização foi proposta pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e iniciou na manhã da última segunda-feira (21). Em razão dos pesados impostos e do baixo valor dos fretes, a categoria afirma que enfrenta uma grave crise e articula ações em todo o país para evidenciar o descontentamento com a atual política econômica. A PRF mantêm o diálogo com os caminhoneiros.

Fonte:   Olhar direto - Wesley Santiago

Enquete

Qual o melhor nome para Presidente do Brasil?

Bolsonaro

Lula

Aécio Neves

Ciro Gomes

Marina Silva

Michel Temer