Bem Vindo ao Notícias Virtuais - 19 de Abril de 2019 - São 12:33Horas

Estado

Clientes lesados se juntam para prender homem que aplicou golpe

Policia | 10/04/2018 22h 45min

Um homem de 38 anos foi preso no final da manhã desta terça-feira (10) acusado de vender "cotas contempladas" de consórcios inexistentes em Cuiabá. Ele foi preso no estacionamento do Supermercado Comper, do Bairro CPA 2.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso aconteceu por volta das 11h, após várias vítimas armarem um flagrante contra ele, passando-se por novos clientes. 

 

Um pastor de uma igreja evangélica contou que chegou a pagar R$ 32 mil por uma carta supostamente já contemplada de um imóvel.

 

Porém, devido à demora na transação e também por nunca ter visto o imóvel, ele decidiu cancelar o consórcio e pedir o ressarcimento. Neste momento, segundo ele, começaram os problemas.

 

O suspeito teria lhe dado quatro cheques pré-datados no valor de R$ 7.500. Segundo o pastor, o primeiro não tinha fundos. A partir daí o golpista passou a evitá-lo.

 

Já um enfermeiro, que também caiu no golpe, deu para o estelionatário R$ 2 mil, por uma carta de um veículo que estaria contemplado. Além dele, dois irmãos também teriam feito o mesmo investimento. E todos foram lesados. 

 

Outra vítima contou que também chegou a dar R$ 5.800 pela “carta contemplada”. E que, após constatar que não receberia o bem, tentou recuperar o dinheiro e não conseguiu.

 

Conforme o BO, nenhuma das vítimas conseguia localizar mais o suspeito. Por isso, eles se juntaram e se passaram por um novo cliente, que estaria interessado na compra de uma carta contemplada.

 

O homem foi até o local marcado. Lá as vítimas acionaram a Polícia Militar, que após ouvir o relato dos envolvidos, encaminhou o suspeito para a Central de Flagrantes da Capital.

 

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

Fonte:   Midia News - JAD LARANJEIRA